Mulher Tempo

Precisamos de um dia com mais que 24 horas.

Dicas para economizar nas viagens

Viagens nacionais e internacionais podem ser muito mais econômicas. Siga as dicas!

Viajar é uma delícia, mas muitas vezes o orçamento não consegue chegar até o seu desejo de destino. Conheço pessoas que deixam de viajar porque acham que o dinheiro não vai dar… Mas será que elas se planejaram? No texto de hoje vou passar dicas para economizar nas viagens. Eu as uso para planejar as minhas. Sim, sem planejamento nada pode ser feito, mas fique tranquilo porque eu dou o passo a passo.

Como não sou blog de viagens, não vou perguntar o motivo da sua viagem e nem dizer o óbvio: evite altas temporadas. Eu adoraria evitá-las, mas as férias do trabalho e escola não permitem. Sempre viajo em alta temporada. Fazer o quê? Economizar no resto!

Dica nº 1

A passagem aérea é muito cara. Comece a pensar em pagar com milhas, para isso você deve se afiliar a um programa de milhagens. Tenho o Multiplus e o Sempre Presente (Itaú). Passe a pagar suas despesas no dia a dia com cartão de crédito. . .  Se não vai ter juros, qual é o problema? E ainda melhora muito o seu fluxo de caixa. Mas, jamais use o cartão de crédito em viagens internacionais. Só em caso de emergência, pois a taxa é bem salgada.

Dica nº 2

Planejar o destino, a quantidade ideal de dias e o seu orçamento. Feito isso,  consulte o Tripadvisor e leia a opinião dos viajantes que visitaram as atrações. Às vezes, elas são famosas, mas os visitantes não acham que vale a pena. Muitas são gratuitas, outras não e isso encarece qualquer viagem. Claro que você vai à Torre Eiffel estando em Paris, mas precisa pagar para navegar no Sena? Você pode andar pela margem e fazer vários picnics!

Depois de analisar tudo que quer conhecer, comece a tirar as “gorduras” da sua viagem, especialmente se tiver que se deslocar muito. Isso economiza bastante.

Dica nº 3

A hospedagem é uma das contas mais caras de uma viagem. Nunca fico em hotel caro. Não concordo em pagar para dormir. Porém, o mínimo é um banho quente, camas confortáveis e um lugar bonito.

Depois que descobri o Airbnb, só fico em hotel se não tiver a opção de alugar uma casa. Talvez você não conheça esse serviço. Primeiro se cadastre: https://www.airbnb.com.br/ , depois coloque o local que deseja conhecer, check in e check out e quantidade de hóspedes. Acrescente também se você quer um quarto ou a casa toda. Depois analise as opções, sempre verificando no mapa, a localização. Se gostar das fotos do imóvel, vá até os comentários das pessoas que já se hospedaram lá. Eles são o ponto forte do serviço. Se tiver alguma crítica, será falada. No entanto, se você gostar de alguma acomodação em que o “anfitrião” não tiver sido avaliado ainda, tome cuidado. Pode ser novo no site, mas é bom analisar melhor todas as informações. Por fim, em muitos casos há a possibilidade de pode pagar uma pequena taxa diária para ter uma faxineira. Aí você continua de férias!

Já fiquei em lugares incríveis, que os hotéis me cobravam o triplo. Consulte sempre o Airbnb. Eles têm propriedades em quase todo o mundo.

Se tudo der errado, tente o Booking.com!

Dica nº 5

O transporte tende a consumir uma boa parte do nosso orçamento. Quase sempre consigo viajar com milhas (viu como é bom usar o cartão de crédito?), pelo menos a parte principal. Também estou inscrita em sites de companhias aéreas e turismo. Eles mandam alertas de promoções e a inscrição é gratuita. Fora isso, estando em uma viagem internacional, consulte as empresas low cost como Ryanair e EasyJet e, por favor, não consuma nada a bordo!

Outra coisa, para viagens nacionais compre com 30 dias de antecedência, mais que isso você pode perder uma boa promoção. Para as internacionais, no mínimo o dobro. Ou seja, você vai ter que fechar sua viagem com dois meses de antecedência.

Dica nº 6

Pelo menos uma refeição você deve fazer na sua hospedagem, fora o café da manhã. O que é muito legal, porque você vai ter a oportunidade de conhecer a cultura local. Supermercados falam muito sobre uma comunidade. Feiras ao ar livre, então, são o máximo! Você vai economizar bastante e ainda curtir um bom picnic com sua família. Na foto ao lado fizemos um pit stop na serra do Rio do Rastro e comemos num local que parecia um cemitério!!! Você não tem ideia de como a nossa imaginação viajou.

Ah, cadastre-se no http://www.melhoresdestinos.com.br. Eles têm ótimos textos!

Denise Capece para Mulher Tempo

Anteriores

Jantar MEGA prático – Truite en Papillote

Próximo

Inglês para inclusão social

5 Comentários

  1. Nicole JOrgey

    Oi todo ano eu planejo a minha viagem principal com bastante antecedência, e no ano passado foi incrível os cinco destinos que fiz comigo mesma!!!
    Praga/Budapeste/Viena/Eslovênia…

    • mulhertempo.com.br

      Oi, amore.
      E com quanto tempo você planejou essa viagem? Foi mais cara do que você imaginava que seria? Qual foi o maior custo?
      Beijo

      • Nicole JOrgey

        Olá!!!
        Planejei essa viajem por 9 meses kakakk e nasceu!!
        Não foi tão cara assim.
        O leste europeu é bem mais em conta do que parece.
        Maior custo em todos os sentidos (hotel/passeios/eventos) foi em Vienna.
        Mas não aconselharia comprar roupas em nenhum destes destinos!!!!
        Bjs

        • mulhertempo.com.br

          Conta pra gente qual foi o lugar que você mais curtiu!
          Valeu pelas dicas.

          • Nicole JOrgey

            OI!!!!
            Curti todos os lugares em especial Eslovênia, mais a maior curtição foi depois desse destino quando me encontrei com a minha família em Veneza e seguindo para o Sul da Itália com eles ousamos escalar o Vulcão Etna.
            Coisa de loucos!!!!!!!!

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Gostou do Blog? Compartilhe!