Mulher Tempo

Precisamos de um dia com mais que 24 horas.

O que eu faço para o jantar? Dá uma ideia…

O maior problema da cozinha: o que eu faço para o jantar (ou almoço)? Você até tem disposição e conhecimento para fazer qualquer coisa, mas o quê?

Numa vã tentativa de facilitar as coisas, você decide perguntar para a família. O que você quer comer hoje? As respostas são ótimas: “como qualquer coisa”, “você que sabe”, “ah, sei lá”. E isso te ajuda muito, né?

Há dois anos eu dispensei minha mensalista e ela cozinhava. De início foi um choque e confesso que demorei a assimilar. De repente, tudo está uma bagunça. Você até tenta melhorar, mas contamos com alguns inimigos para ter a vida mais organizada, eu os chamo de “tomadores de tempo”:

– Internet (Whats, Face, etc)

– Telefone e outras interrupções

– Procrastinação

Não posso me aprofundar nesse assunto hoje, porque o meu foco é a falta de respostas para a pergunta: o que eu faço para o jantar?

Em primeiro lugar, você tem que ter um planejamento (ele de novo!).

Consegui chegar em uma fórmula que está dando muito certo aqui em casa.

Segunda-feira

Primeiro dia após o “pé na jaca”, por isso tenho um cuidado maior com a saúde. A ordem é um filé grelhado (frango, carne ou peixe – sempre revezando e alternando temperos: gengibre, alecrim, pimenta, orégano), um prato com legumes e salada. Gosto muito das dicas de três sites:

www.tastemade.com.brwww.cybercook.com.brwww.tudogostoso.com.br

Na semana passada tivemos batata gratinada com molho branco, frango grelhado e salada de folhas com muçarela de búfala. Hoje vou fazer espetinho de abobrinha, batata, cenoura e tomate, filé mignon grelhado e salada de folhas com tomatinho cereja e queijo parmesão. Percebeu? Uma proteína, carboidratos e laticínios. Tudo muito leve.

Terça-feira

Lanche mais incrementado. Eu desfio um peito de frango ou abro latas de atum e faço minhas misturas com cenoura ralada, maionese, tomate e queijo. Uso bastante o Rap10, tapioca e pãozinho integral.

 

Quarta-feira

Faço um prato único. Algo que sustente, mas que seja prático para a gente.

Semana passada eu fiz abobrinha recheada com carne moída. Essa semana vou fazer frango xadrez ou o frango cítrico (https://www.tastemade.com.br/videos/frango-assado-com-molho-citrico). Tem o fabuloso escondidinho, o fricassê de frango, torta rápida (http://www.mulhertempo.com.br/2017/02/14), peixe assado (http://www.mulhertempo.com.br/2016/11/23/270) entre outros. A ideia é usar o forno ou somente uma panela. E, claro, a salada.

Quinta-feira

De volta para o lanche, afinal precisamos de um dia de folga! Como fiz um prato muito legal um dia antes, eu me dou o direito de comprar tudo pronto. Pãozinho e frios, mas sempre com salada. Deixo ralada uma cenoura, folhas de alface, rodelinhas de pepino, tomates fatiados e ovos cozidos para que seja o mais saudável possível.

Sexta-feira

Não faço nada. Lazy day!

Explico: Toda sexta vem a minha santa faxineira. Como quero manter minha casa limpa por mais tempo, eu proíbo qualquer iniciativa de mexer com panelas.

Tudo planejado, faça a lista e rumo às compras. Atenção: o planejamento do que fazer na semana ocorre no final de semana e, de preferência, as compras devem ocorrer no domingo. No máximo, segunda antes do almoço.

Com tudo organizado, você não vai ter que ficar pensando no que fazer. Agora se você tiver uma ideia melhor, não deixe de postar e podemos rever a minha fórmula! Ah, também gostaria de receber mais ideias de receitas de legumes. Se tiver uma campeã, posta aqui para mim. Vamos trocar ideias!

Denise Capece para Mulher Tempo

 

Anteriores

Inglês para inclusão social

Próximo

Por que tanta obsessão por dieta?

9 Comentários

  1. Camilla Gaiga

    Que delícia seu cardápio semanal, Dê!! Parabéns pelo planejamento! Paciente nota 10, a nutri aqui adorou a matéria!!

    • mulhertempo.com.br

      Que bom querida nutri!!! Ainda bem que você aprovou.
      Beijo

  2. Maria Regina Scotto Msria Regina Dclttomar

    Gosto de deixar legumes prontos em conserva me ajuda bastante como uma bela salada de abobrinha menina ou a italiana
    1 abobrinha fatiada bem fininha
    1/2 pimentão amarelo
    1/2 pimentão vermelho
    Cheiro verde a vontade
    1 cebola média picadinha
    1 pitada de sal
    Azeite
    1 copo de óleo de soja
    – de 1/2 copo de vinagre branco
    Pegue a abobrinha fatiada e leve ao fogo com o óleo de soja e o vinagre e refogue até que a abobrinha de verde fique amarelinha ( não se preocupe ela não desmancha) retire do fogo e deixe escorrer bem a seguir coloque em uma tigela com tampa e tempere com os ingredientes restantes . Coloque azeite o suficiente não esquecendo que vai ficar em conserva e deixe na geladeira por 2 h pronta para consumir . Esta abobrinha não fica cozida ela fica crocante. Eu adoro pois conservada em geladeira dura vários dias.

    • mulhertempo.com.br

      Regina, tudo bem?

      Que delícia de receita. Vou fazer sim. Muito obrigada pela sua colaboração.

  3. Cris Rubio

    Valeu De !!! Vou olhar as receitas e implementar aqui em casa também. ?

    • mulhertempo.com.br

      Cris

      Depois você me conta como foi e não esqueça de mandar as receitas para mim.
      Beijo, obrigada.

  4. Ana Maria Pinello

    Adorei!!! Vou tentar me organizar. Bjinhos

  5. Nicole JOrgey

    Olá!!!!
    Costumo simplificar muito o meu jantar ou almoço, e dependendo da estação do ano.
    Faço o seguinte:
    Frio – Um caldo de cenouras, com pedacinhos de queijo em quadradinho para ficar levemente derretido, depois um peito de frango grelhado com brócolis americano e caviar de azeitonas pretas.
    Calor – Salada de folhas verdes, atum desfiado, fiapos de legumes (cenoura/beterraba-cozido), arroz sete grãos e azeitonas pretas *meu ingrediente preferido.
    Vai essa dica.
    Bjs

    • mulhertempo.com.br

      Vou te mandar um vidro de azeitonas pretas! Muito obrigada por compartilhar suas ideias.
      Beijo

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Gostou do Blog? Compartilhe!